Hospital da Mulher Mariska Ribeiro

Fachada do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro
CONTRATOS DE GESTÃO:

 

    • SMS/RJ Nº 003/2012
    • SMS/RJ Nº 001/2017

 

PERÍODO DA GESTÃO:

 

Início em março de 2017 e término da vigência previsto em setembro de 2021, 04 (quatro) anos e 5 (cinco) meses até o momento. Totalizando mais de 09 (nove) anos e 5 (cinco) meses para os dois contratos de gestão.

 

O CEPP responsável pela gestão, operacionalização e gerenciamento do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, desde Março de 2012 pela data de assinatura do contrato e início de implantação, sendo a inauguração da unidade em Julho de 2012, estando a mesma totalmente operacional até a presente data.

 

O CEPP teve a oportunidade de se sagrar vencedor do Chamamento Público relativo ao Contrato de Gestão nº 001/2017, permanecendo responsável pela gestão, operacionalização e gerenciamento do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, desde março de 2017 até a presente data.

 

 

O HOSPITAL:

 

A Unidade de saúde, é hospital especializado em saúde da mulher com serviços de obstetrícia, neonatologia e ginecologia cirúrgica e diagnóstica, de médio porte e média complexidade e grande volume de atendimentos.

 

 

Parto humanizado: Acompanhante durante todo o período de internação, parto e pós-parto; contato pele a pele de mãe e bebê imediatamente após o parto.

 

ESTRUTURA GERENCIADA:

 

  • 72 leitos de Obstetrícia;
  • 9 leitos de Ginecologia;
  • 8 leitos de Hospital dia;
  • 10 leitos de UTIN;
  • 11 leitos de UCINCo;
  • 4 leitos de UCINCa;
  • 10 salas ambulatoriais;
  • 2 salas de ultrassonografia;
  • Serviço de Vídeo-histeroscopia;
  • Serviço de Colposcopia
  • 2 salas de radiologia, incluindo um 1 Mamógrafo DR;
  • Serviço de ultrassonografia e ecocardiografia neonatal;
  • NAIRR – Núcleo de Atenção Interdisciplinar ao Recém-nascido de Risco composto de:
    • Pediatria/Follow up
    • Fisioterapia
    • Terapia Ocupacional
  • Centro de Parto Normal intrahospitalar com:
    • 7 salas PPPs
    • 1 espaço de relaxamento
    • 4 leitos de apoio clínico
  • Centro Cirúrgico com:
    • 3 salas cirúrgicas;
    • 6 leitos de RPA.
  • Casa da Puérpera com 6 vagas.
  • Emergência Obstétrica composta de:
    • 2 postos de acolhimento e classificação de risco;
    • 2 salas de atendimento médico;
    • 3 leitos de suporte;
    • Área de apoio diagnóstico.
    • Serviços de apoio técnico e clínico.

 

Ofurô – Terapia ocupacional em Recém-nascidos internados no Complexo Neonatal do HMMR

 

MÉDIA MENSAL DE ATENDIMENTOS:

 

  • 100 atendimentos médios de emergência Obstétrica;
  • 400 agendas de atendimento ambulatoriais mensais, incluindo remarcações, retornos e tratamento continuado;
  • 600 internações obstétricas;
  • Média de 450 partos (cerca de 33% de partos cesarianas);
  • 55 Internações em complexo Neonatal (UTIN, UCINCo, UCINCa) por mês;
  • 000 exames de Ultrassonografia (Ginecologia e Obstetrícia);
  • 500 Exames de Mamografia;
  • Mastologia e USG complementar;
  • Cerca de 85 cirurgias ginecológicas mensais; e
  • 260 procedimentos cirúrgicos ambulatoriais.

 

Carimbo de placenta após parto – Alojamento Conjunto (mãe e bebê permanecem juntos)

 

 

 

EDUCAÇÃO CONTUNUADA:

 

Residência:

 

  • Programa de residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro.

 

O Hospital da Mulher inaugurado em junho de 2012, teve aprovado em final de 2013 sua requisição para realizar a RESIDÊNCIA MÉDICA pelo programa Nacional do MEC. O trabalho realizado engloba atividades assistenciais (práticas) e didáticas (teóricas) segundo o programa preconizado pela Comissão Nacional de Residência Médica. Após avaliações formais e avaliações práticas, recebemos autorização para iniciar as atividades em Janeiro de 2014.

 

Professor Luis Guilherme Pessoa, diretor médico do HMMR

 

O objetivo é formar em nível de excelência, profissionais com habilidades e como especialistas na área. A capacitação dos residentes é feito através da ótica da Humanização do Serviço prestado à Mulher. As atividades são divididas em 60 horas semanais segundo o quadro abaixo em sistema de rodízio, atendendo as orientações do COREME.

 

 

  • Programa em residência de enfermagem obstétrica do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro:

 

O Programa Nacional de Residência em Enfermagem Obstétrica (PRONAENF), tem como objetivo formar enfermeiros obstetras para serem inseridos no Sistema Único de Saúde (SUS), nas regiões que aderiram à estratégia Rede Cegonha. Os profissionais vão atuar desde o pré-natal e parto até o nascimento e pós-parto, dentro do preconizado pela Rede Cegonha.

 

Atividades Educativas Desenvolvidas Pelas Residentes de Enfermagem em Dezembro de 2013 no HMMR

 

A estratégia visa intensificar a assistência integral à saúde das mulheres e crianças, do planejamento reprodutivo – passando pela confirmação da gravidez, parto, puerpério – até o segundo ano de vida do filho. “Esta ação contribui para a qualificação da Rede Cegonha, pois capacita os enfermeiros a prestarem um serviço humanizado e de qualidade à criança e à mulher”, segundo o Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales.

 

Atividades Educativas Desenvolvidas Pelas Residentes de Enfermagem em Dezembro de 2013 no HMMR.

 

Por iniciativa, definição estratégica e financiamento da Rede Cegonha, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/RJ) ampliou o Programa de Residência de Enfermagem Obstétrica e o número de vagas na Cidade do Rio de Janeiro.

 

O Hospital da Mulher Mariska Ribeiro tem como Missão e Valores institucionais, a assistência humanizada e integral à saúde da mulher e da criança, com excelência e a produção de conhecimento de forma a contribuir para a melhoria da qualidade de vida da mulher, muito se orgulha em participar, contribuir e reforçar a parceria já selada com as Instituições formadoras e científicas da Enfermagem e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

 

 

 

Estágios:

 

A partir de 2019, através do Centro de Estudos Professor Alkindar Soares Pereira do Hospital da Mulher Mariska Ribeiro, a unidade passa a atender estagiários de diversas especialidades.

 

  • Em julho de 2019 é campo prático de estágio para aproximadamente de 50 estagiários de Enfermagem de universidades particulares da Zona Oeste do Rio de Janeiro, a partir de convênio firmado entre as instituições de ensino e a Secretaria Municipal de Saúde
  • No início de 2020 a unidade recebe a primeira estagiária em Serviço Social da SMS
  • No segundo semestre de 2020 a unidade se torna campo prático de estágio para estagiárias bolsistas da SMS em Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia

Foi um prazer receber você no portal do

Rua da Assembleia 17/17º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ

Todos os direitos reservados ao Centro de Excelência em Política Públicas

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support