A campanha “Adorno Zero” foi realizada pela equipe de Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), com o objetivo de conscientizar e sensibilizar profissionais de saúde do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara sobre a proibição do uso adorno (brincos, relógios, pulseiras, colares, etc) no ambiente hospitalar.

O uso de adornos é desestimulado seguindo a  orientação

da  Norma Regulamentadora Nº 32 (NR 32), por conta dos riscos para a saúde do colaborador e do paciente que o uso de adornos na assistência traz. Diversos estudos científicos relatam que os adornos usados nos setores assistenciais aumentam o risco de infecção e comprometem a segurança do paciente.

“Segundo a NR 32, todo trabalhador do serviço de saúde, bem como aquele que exerce atividades de promoção e assistência à saúde exposto a agente biológico, independentemente da sua função, deve evitar o uso de adornos no ambiente de trabalho.”